SUZANO - Associação Cultural Literatura no Brasil oferece novas vagas para projeto Sarau nas Escolas

    0

  
OPORTUNIDADE 
Associação Cultural Literatura no Brasil oferece novas vagas para projeto Sarau nas Escolas

Atividade é voltada para as unidades de ensino da rede pública e privada de todo o Alto Tietê; para receber os autores regionais é preciso ter algum projeto de leitura em andamento

A Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) abriu novas vagas para o projeto Sarau nas Escolas. As unidades de ensino da rede pública e privada de todo o Alto Tietê interessadas em receber a iniciativa devem ter algum projeto de leitura em andamento. O agendamento pode ser feito com o escritor Sacolinha pelo telefone 99526-3561 (Vivo e Whatsap). A atividade está inserida no pacote de projetos desenvolvido pelo grupo por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC). Outras informações pelo e-mail literaturanobrasil@gmail.com.

O sarau nas escolas é mais uma iniciativa do grupo que tem por objetivo promover uma aproximação entre os escritores com o público leitor. O projeto também tem o intuito estimular o gosto pela leitura nos educandos e proporcionar aos alunos e professores a realização de uma atividade extraclasse que vem ao encontro do que é trabalhado em sala de aula, sobretudo na disciplina de Literatura.

O escritor suzanense e membro-fundador da ACLB, Ademiro Alves, o Sacolinha, explica que para receber o projeto a escola precisa, necessariamente, desenvolver algum projeto de leitura com os alunos que justifique a ida dos autores à unidade escolar:

“Pode ser uma biblioteca, uma sala de leitura ou até mesmo um sarau que esteja em andamento ou atividade de contação de história, pois a ideia é que a escola dê continuidade a este trabalho. Portanto, de nada adianta nossa presença se não houver um trabalho efetivo”, explica.

Além de conhecer e interagir com os autores regionais, durante a visita dos membros da Associação Cultural Literatura no Brasil às escolas os alunos têm a oportunidade de participar dos saraus e divulgar suas aptidões literárias. As apresentações também contam com sorteios de livros e vídeos-literaturas.

Como lembra Sacolinha, o projeto sarau nas escolas é realizado desde 2002 e neste período o grupo percorreu cerca de 300 unidades de ensino de todo o Alto Tietê:

"É um trabalho que tem ajudado a salvar vidas, mudar pensamentos e atitudes, principalmente nesse momento que vivemos, em que as pessoas não estão avaliando bem as informações recebidas da mídia e sendo manipuladas a todo instante”, alfineta Sacolinha, que também é entusiasta da leitura no Alto Tietê e uma das maiores referências na literatura do País.

           

Powered by Blogger .