Selecionada mais uma vez pelo ProAC, ACLB traça metas para os próximos dez anos

    0

CREDIBILIDADE

Selecionada mais uma vez pelo ProAC, ACLB traça metas para os próximos dez anos

Entidade de incentivo à leitura e divulgação dos autores regionais contará pelo terceiro ano consecutivo com o subsídio do governo do Estado de São Paulo na realização do Sarau LiteraturaNossa e busca sede própria para ampliar ações culturais

A conquista de uma sede própria e a ampliação da abrangência das ações de incentivo à leitura são algumas das metas da Associação Cultural Literatura do Brasil (ACLB) para os próximos dez anos. A entidade que atua há 13 anos na divulgação dos autores regionais encerra 2015 com a consciência de que o trabalho em prol à literatura está consolidado no Alto Tietê. Uma das razões está na seleção do projeto Sarau LiteraturaNossa, carro-chefe do grupo, no Programa de Ação Cultural (ProAC) do governo do Estado de São Paulo pelo terceiro ano consecutivo.

A isso soma-se outras atividades que em mais de uma década continuam crescendo e se aperfeiçoando. É o caso, por exemplo, do “Comunidade do Conto”, que reúne escritores mensalmente para promover uma discussão crítica em torno das obras publicadas pelo grupo e contribuir com o aprimoramento da técnica literária. Em 2015 o projeto registrou um salto não só de produção como também de qualidade e o resultado poderá ser conferido no ano que vem, com a publicação dos contos produzidos nos encontros.

         O escritor e membro-fundador da ACLB, Ademiro Alves, o Sacolinha, explica que serão produzidos quatro mil exemplares para serem distribuídos gratuitamente nas escolas públicas da rede de ensino do Estado de São Paulo. O material ajudará a subsidiar outras ações de incentivo à leitura desenvolvidas pelo grupo de escritores com os estudantes, como o “Sarau nas Escolas”.

De acordo com Sacolinha, o ano de 2015 foi positivo e trouxe novas perspectivas para o grupo, que já traça metas para os próximos dez anos. Segundo ele, a conquista de uma sede própria possibilitará a realização de um sonho antigo, que é a implantação de uma biblioteca comunitária, além de concentrar as atividades do grupo, hoje realizadas em espaços de parceiros, como o Teatro Contadores de Mentira e a Sala da Cia. Atores InSanos, na Faculdade Piaget.

A segunda meta trata-se da intenção de aumentar a abrangência das ações da ACLB e de criar projetos de formação na área do livro e da literatura, principalmente na cidade de São Paulo, onde a procura do público por projetos voltados a esse segmento é maior.

“O ano de 2015 mostrou que nossa política de incentivo à leitura e de divulgação dos novos escritores está consolidada. Todos os projetos que criamos até hoje tiveram ou têm vida longa, conquistam prêmios e editais e seus resultados são excelentes. A seleção por mais uma vez do ProAC, por exemplo, confirma que nosso projeto é macro e vem sendo bem desenvolvido. Foram mais de 100 coletivos e associações pleiteando uma das dez vagas, se nosso projeto fosse bairrista e pequeno, como os projetos culturais da Prefeitura de Suzano, com certeza não seríamos selecionados por três anos consecutivos”, define Sacolinha.

Powered by Blogger .