MÚSICA E ANTROPOLOGIA COMPÕEM OFICINA SOBRE DISCOS EM MOGI

    0



Neste sábado (1º), o Casarão da Mariquinha, em Mogi das Cruzes receberá a oficina "Por que eles ainda gravam?" com o músico e antropólogo Meno, que lançou recentemente seu terceiro disco solo "Barriga de 7 Janta".

A oficina está prevista para começar às 15 horas com o tema da produção contemporânea de discos. O artista articulará seus diários de campo, vídeos e entrevistas da etnografia realizada com os premiados discos Bahia Fantástica, Tatá Aeroplano e Metal-Metal – enquanto improvisa com voz e violão canções desses discos e do disco novo. A entrada é gratuita e livre a todos que tem interesse pelo mundo musical.

Meno foi contemplado pelo Prêmio ProAC do Estado de São Paulo; ao mesmo tempo em que continua sua pesquisa no curso de Antropologia Social da Universidade de São Paulo (USP), dessa vez no doutorado para investigar o Funk em São Paulo. Em 2015, foi um dos convidados para a residência artística no 14º Festival de Arte Serrinha, organizada por Benjamim Taubkin, Jaques Morelenbaum e Marcos Suzano, numa imersão de dez dias com músicos de diferentes lugares do mundo.

Dhyne Paiva

Colaboração para Agenda Cultural


Serviço
Oficina "Por que eles ainda gravam?"
Data: 01/10
Horário: A partir das 15h
Local: Casarão da Mariquinha - Rua Alfredo Cardoso, 02 - Largo Bom Jesus - Centro Mogi das Cruzes
Valor: Grátis
Classificação: Livre
Foto: Amanda Amaral

Powered by Blogger .